«

»

mar 09

Conversão de linguagem de impressão Kyocera Prescribe para PCL ou PS

A linguagem de impressão Prescribe, criada e utilizada pela Kyocera em suas impressoras laser, é similar a outras liguangens do mercado como o PCL ou o PostScript com a desvantagem de ser utilizada somente nas impressoras desse fabricante.

Até algum tempo atrás, empresas que tivessem aplicações customizadas para o Prescribe estavam “amarrados” necessariamente a Kyocera. Hoje, porém, isso não é mais problema.

A solução LRS® Document Transforms permite arquivos de impressão em Prescribe sejam convertidos para outras linguagem de impressão padrão de mercado, como o PCL ou o PS, fazendo com que as empresas economizem com os altos investimentos feitos em sistemas antigos e trabalhem em conjunto com as novas tecnologias das impressoras e multifuncionais atuais, tornando mais flexível o ambiente de TI e com isso minimizando os custos.lrs_conversao_prescribe

Muitos sistemas legados foram projetados para trabalhar com documentos no formato de impressão XEROX, IBM, Prescribe o outros formatos proprietários. Usando o LRS® Document Transforms o seu sistema poderá gerar PDF e enviar por e-mail ou armazenar e também gerar arquivos em PCL ou PostScript para imprimir em equipamentos de baixo custo, impressoras e multifuncionais de escritório.

O LRS® Document Transforms pode converter dados de entrada e saída dos seguintes tipos:

  • AFP
  • PCL
  • PS
  • PDF
  • SAPGOF
  • LCDS
  • Image
  • TIFF
  • Prescribe
  • MMD
  • XES
  • XPS

Para maiores informações, entre em contato com a GB, Distribuidor LRS no Brasil:

LogoGB150x150GB Network & Print 
Transformamos Dados em Informação
TEL: (11) 5535-4857
EMAIL:
comercial@gbnet.com.br
skype: gbnetwork


Textos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>